Itamaraty é uma das belezas de Brasília e o lugar preferido de uma secretária executiva por Karla Karina Lopes


Karla

Como não se emocionar em ver um depoimento tão lindo!

Karla Karina, nossa colaboradora aqui no blog, fez um relato emocionante sobre sua relação com o Itamaraty em Brasília no DFTV.

http://globotv.globo.com/rede-globo/bom-dia-df/v/itamaraty-e-uma-das-belezas-de-brasilia-e-o-lugar-preferido-de-uma-secretaria-executiva/3994010/

Veja 5 erros que devem ser evitados na hora de negociar o salário


Negociação deve ser firme e cordial; profissional deve saber seu valor.
Mentir sobre quanto ganha e aceitar qualquer oferta são os principais erros.

Do G1, em São Paulo

Profissional deve saber seu valor e negociar de forma firme e cordial

A negociação salarial pode ser um desafio até mesmo para os profissionais mais experientes. Afinal, ninguém quer acabar com uma grande oportunidade por ter expectativas elevadas. Por outro lado, ninguém quer aceitar uma oferta qualquer.

Segundo o Glassdoor, site de avaliação de empresas norte-americano, o profissional deve buscar o equilíbrio para conseguir negociar o salário de uma forma firme e cordial, sem perder a oportunidade de emprego.

Veja abaixo 5 dicas para negociar o salário:

Negociar salário - saber seu valor (Foto: G1)

Para comprar um carro, uma casa ou para gastar dinheiro em qualquer outra coisa, a maioria das pessoas faz a lição de casa antes de tomar uma decisão. Isso também deve ser feito na negociação salarial.

Quem vai pedir um aumento ou está procurando um novo emprego deve saber seu valor antes de considerar uma oferta. É importante saber o seu ‘valor de mercado’, ou seja, qual é a remuneração média atual para a sua profissão, cargo e nível de escolaridade.


Negociar salário - ter pressa para discutir o salário (Foto: G1)

É normal querer saber o valor do salário logo no início da entrevista e até mesmo na hora em que é convidado para a entrevista, mas isso pode fazer com que o profissional acabe ficando fora do ‘jogo’ antes mesmo de ter a chance de impressionar o recrutador.

A melhor opção é discutir o salário no final da entrevista, quando o entrevistador provavelmente já terá decidido se o profissional é ou não adequado para a posição e pode até considerar se vale a pena pagar um pouco mais para ter uma pessoa mais qualificada.


Negociar salário - aceitar a primeira oferta (Foto: G1)

Mutio frequentemente candidatos aceitam a primeira oferta de salário por ter medo que o recrutador vá simplesmente passar para o próximo candidato, caso ele não aceite. Mas, com a ‘guerra’ que existe atualmente por talentos, as empresas já estão até preparadas para uma possível negocicação. Analisar o pacote de benefícios também deve entrar na rotina do candidato.


Negociar salário - mentir sobre o quanto ganha (Foto: G1)

O profissional quer ganhar o máximo possível, mas se isso for acontecer por vias desonestas, talvez não valha a pena. Afinal, se o potencial empregador descobrir, a chance de ele continuar oferecendo o cargo é muito pequena. Caso o profissional já tenha sido contratado, ele pode até correr o risco de ser demitido.


Negociar salário - abrir negocicação logo após a primeira oferta (Foto: G1)

Se a oferta salarial for aceitável ou muito baixa talvez seja melhor ‘digerir’ o que foi dito antes de tomar algum tipo de decisão. O profissional pode perguntar sobre detalhes do pacote de benefícios e quais as chances de crescer empresa para conseguir tempo para argumentar o valor. Além disso, o profissional também deve avaliar se o novo cargo vai beneficiar sua carreira.

Vagas – Secretária – Adzuna/Banco Nacional de Empregos


Secretária Executiva

(1 vaga) Salário a combinarBrasília/DF

Atribuições:

Emprego secretária executiva grupo de concessionárias de grande porte contrata: Secretária executiva – experiência mínima de dois anos com toda rotina de secretariado. – disponibilidade de horário – perfil próativo, desenvolto e comunicativo – remuneração: Entre R$ 2000,00 à R$ 2500,00 – de segunda a sexta das 8:30h às 18:30h

Código da vaga: V00939285Anunciada em 27/02/2015

Para candidatar-se: http://vagas.bne.com.br/vaga-de-emprego-na-area-Secret%C3%A1riaExecutiva-em-Distrito%20Federal-DF/Secret%C3%A1riaExecutiva/939285

Secretária Executiva

(1 vaga) Salário a combinarBrasília/DF

Atribuições:

Oportunidade – empresa titcs – brasíilia/df. Secretária executiva necessário / pré-requisitos: – experiência com secretariado; – conhecimento do pacote office; – boa dicção; – comunicação clara; – saber trabalhar em equipe. Atividades: – receber e fazer ligações telefônicas; – organizar agenda de reuniões dos diretores e lembrá-los de seus compromissos; – redação de correspondência, comunicados e providenciar a reprodução e circular; – atendimento de público interno e externo, identificando visitantes, assuntos e setor de visitação; – planejar e analisar a necessidade de compra de suprimentos e materiais; – pesquisar valores e condições de pagamento dos suprimentos e materiais necessários; – viabilizar roteiro de viagens executivas, como hospedagem, alimentação e translado; – abrir malotes internos e externos, verificando os destinatários e providenciando a entrega das correspondências aos respectivos destinatários em tempo hábil. – organizar e manter os arquivos da empresa; – organizar a utilização da sala de reunião e auditório. – controlar a frequência e pontualidade dos colaboradores; – promover e organizar as ações sociais da empresa; – recrutar novos talentos para a empresa; – divulgar as oportunidades de trabalho; – realizar as entrevistas de trabalho e dinâmicas de grupo; – promover confraternizações entre os colaboradores; – promover pesquisas internas de satisfação e criar os devidos relatórios; – organizar as férias dos colaboradores; – cadastrar novos colaboradores nos sistemas de auxílio alimentação e plano de saúde; – realizar o pagamento de todos os benefícios, como auxílio alimentação e plano de saúde; – tirar dúvidas e auxiliar os colaboradores com relação a todos os benefícios; – viabilizar cursos para os colaboradores; – organizar o histórico de todos os colaboradores dentro da empresa.bimento e controle de e-mails. Horário de trabalho: – de segunda à sexta: De 09:00 às 18:00 horas (1 hora de almoço); pacote de remuneração e salário fixo

Para candidatar-se: http://vagas.bne.com.br/vaga-de-emprego-na-area-Secret%C3%A1riaExecutiva-em-Distrito%20Federal-DF/Secret%C3%A1riaExecutiva/939030

Secretária Executiva

(1 vaga) Salário a combinarBrasília/DF

Atribuições:

Vaga: Secretária executiva – 3º grau completo, desejável graduação em secretariado executivo – possuir experiência na área de secretariado e assessoria à diretoria ou presidência da empresa. Bons conhecimentos em informática. Competências fundamentais: ética, comunicação verbal, organização pessoal e administração do tempo. – atribuições: Assessorar diretamente a vice presidência do grupo; planejar, organizar e executar atividades secretariais específicas; gerir agendas, marcar reuniões, atender e recepcionar clientes. Organizar arquivos e controlar documentos e correspondências, distribuindo-os dentro de sua complexidade e importância, entre outros. – remuneração: R$ fixo + vt + refeição no local, após três meses plano de saúde seguros unimed + plano odontológico odontogroup. -

Código da vaga: V00939021Anunciada em 21/02/2015

Para candidatar-se: http://vagas.bne.com.br/vaga-de-emprego-na-area-Secret%C3%A1riaExecutiva-em-Distrito%20Federal-DF/Secret%C3%A1riaExecutiva/939021

Vaga Assistente Executivo – IPC – IG (ONU) Brasília


onu

 

IPC-IG tem diversas oportunidades abertas

O Centro da ONU, localizado em Brasília, busca Assistente Administrativo; Associado de Operações; e Consultor Editorial e de Pesquisa. Prazo: 01 de março.

Uma outra vaga, de Assistente Executivo (secretariado) , tem prazo até 08 de março. Detalhes em http://www.ipc-undp.org/opportunities

 

Fonte: http://nacoesunidas.org/vagas/brasil/

 

Como anda a sua leitura? por Karla Karina


 

Ler é um dos processos de crescimento, pessoal ou não, mais antigo do mundo. Desde que começamos a ler, o mundo se tornou basicamente o que é e sabemos que devemos muita gratidão aos povos antigos por toda a evolução que recebemos na atualidade.

Só que ainda é possível encontrar pessoas que não gostam de ler. E claro que é assustador e para muitos digamos, vergonhoso. Porque ler é sem dúvida, um estímulo para a evolução pessoal dentro de diversos setores da vida humana na Terra. E isso já está mais do que provado.

Quando criança eu não recebi os devidos estímulos na primeira fase de vida para o gosto pela leitura. Os tempos eram outros. Em meu primeiro mês em Moscou uma professora me disse que se eu não aprendesse a gostar de ler e não criasse esse hábito, eu não chegaria nem à 8ª série. Entrei em pânico, porque eu nesta época não lia nem gibi. E 18 anos depois desta ameaça, aqui estou, lendo de um tudo. Aprendi a ler o que gosto e até o que não gosto, pois sei que algumas leituras são obrigatórias para o meu desenvolvimento profissional.

Depois do meu pequeno relato pessoal, venho perguntar à você caro leitor deste blog: como anda a sua leitura diária? Tem lido jornal, revista, sites na internet, blogs, livros, ensaios? O que você gosta de ler?

E aí vem a dica profissional: leia. Gostando ou não. Deve ter algo com o qual você se identifica. Em seu trabalho com certeza você precisa fazer algum tipo de leitura mais aprofundada, com certeza deve ter alguma coisa que lhe interesse e que você queira muito saber e que somente a leitura poderá te proporcionar. Quem lê é estimulado a pensar, refletir, criar opinião, a debater, discutir, crescer. Quem lê participa de entrevistas estando mais atualizado e inserido no contexto sócio-econômico-cultural. Tem que ler ainda mais em um mundo onde ter toda a informação ainda é pouco.

Pessoalmente falando, tem um monte de livros que eu não li, mas que não li depois de tentar ao menos duas vezes. Mas de uma maneira geral, meu ritual é ler todos os sites de notícias mais famosos, escolho três dias na semana para fazer leitura de algo que eu goste nos idiomas que eu falo. Também leio muitos blogs e sites. Aproveito à ida ao salão e leio revistas de fofocas.

Leio meus livros em casa que geralmente eu escolho pelo título, leio muito sobre temas da psicologia e educação, que são temas que me ajudam no meu processo ainda em desenvolvimento como Secretária, Professora e Cerimonialista. A menina que aos 12 anos não lia nem bula de remédio, hoje troca qualquer balada sem futuro por uma boa leitura e que lê porque ama. E não foi um processo fácil. Tive que me forçar algumas vezes, mas quando terminei de ler meu terceiro livro, percebi que nunca mais viveria sem este ato e prometi que não passaria um mês sem ler nem que fosse um livro no mês.

Tem meses que leio pelo menos 4.

Você que será pai ou mãe por estes tempos, estimule desde pequeno a leitura do seu filho. Crie este hábito com ele para que ler não seja mais para frente, um ato de desespero, mas sim, além de prazeroso, a preparação para vencer as pequenas e grandes batalhas da vida adulta.

 

Karla Karina

Piso Salarial – Secretariado (BSB)


Olá,

Passeando pelo excelente site da super Simara Rodrigues, achei  interessante compartilhar com vocês esta informação.

Aproveitem e dêem uma passadinha no site pois há muita leitura útil e interessante.

 

http://simararodrigues.blogspot.com.br/

 

Post da Simara:

Piso Salarial dos Profissionais de Secretariado em Brasília

 
Pessoal, 
Compartilho informações divulgadas pelo SISDF. 
Informe
O SISDF informa que, dentro da margem autorizada na assembléia de 07/10/2014, as negociações com o SEAC/DF foram encerradas tendo sido acordado o seguinte:
Pisos salariais (já incluso o reajuste):
- Secretários Técnicos: R$ 1.626,00 (12%)
- Secretários Executivos: R$ 3.438,00 (7%)
- Secretários Executivos Bilíngue: R$ 3.826,00 (7%)
- vale alimentação: R$ 24,00.
obs.: Os valores serão retroativos a 1.º de janeiro de 2015, porém só terão validade após a homologação da CCT no MTE. Portanto, favor acompanhar na página (www.sisdf.com.br / convenções coletivas) a devida publicação. Assim que for registrada faremos a divulgação.
A diretoria
 
Fonte: SISDF